sábado, 14 de setembro de 2013

O toque do telefone

Hoje o telefone tocou insistentemente por longos segundos. Olhei o identificador de chamadas e não reconheci o numero no visor. Achei melhor ignorar.
Só quando parou de tocar foi que me dei conta. E se fosse a felicidade chamando.
Não, na certa ao atender, ela diria:
- Desculpe-me, foi engano!

A: Ligia.

0 comentários:

Comigo agora

  ©Template Fragmentos (Textos, Poesias, etc) by Silmara Layouts