sexta-feira, 23 de agosto de 2013

A face direita do amor

O amor tanto pode chegar de mansinho, como em um vendaval de emoções! Quem tem amor reconhece estes sintomas...
Amar é conviver com uma sensação gostosa, de nuvens passando, de pássaros cantando, de flores perfumando o ar.
Amar é não importar-se com a chuva que cai, com o sol que se esconde, com a lua que fica preguiçosa e com as estrelas que brincam de trocar de lugar. Amar é trazer no olhar o brilho das estrelas, na boca o gosto do mel, no corpo o cheiro do amor. Amar é simplesmente transformar a vida em um arco-íris de luz.
A: Copiei. 

0 comentários:

Comigo agora

  ©Template Fragmentos (Textos, Poesias, etc) by Silmara Layouts