quinta-feira, 16 de agosto de 2012

A força da imaginação


Feche os olhos. Não precisa fechá-los. Imagine a seguinte cena: um bando de pássaros voando. Quantos pássaros viu? Cinco, onze? Seja qual for a resposta - e dificilmente alguém sabe dizer o número exato - algo fica claro nesta experiência. Você pode imaginar um bando de passáros, mas o número de aves foge ao seu controle. A cena era clara, definida e, em algum lugar existe a resposta para esta pergunta. Quem definiu quantos passáros iam aparecer na cena? Você não foi.
A: Paulo Coelho.

0 comentários:

Comigo agora

  ©Template Fragmentos (Textos, Poesias, etc) by Silmara Layouts