quarta-feira, 25 de abril de 2012

Sociedade


            
Feliz daquele que sabe o papel que tem a desempenhar na sociedade, da qual é peça integrante e inseparável.
Viver e vegetar sempre foram o marco diferencial da conduta humana, vista que, enquanto uns gozam a vida em toda a sua plenitude, outros a contemplam, num perpassar inesquecível de dias sem significação alguma, pela razão de que não vivem e simplesmente vegetam.
Por isso é que, em qualquer organização social, uns se conduzem e outros são conduzidos, por causa de aos primeiros ser facilitado e aos segundos, tudo dificultado.
Essa desigualdade entre os que sabem o que querem, e por si se dirigem ao ponto culminante da trajetória que delinearam, e os que caminham impulsionados pela vontade de outrem, é o que se pode chamar de incógnita a decifrar e a corrigir, para que os meios e os fins sejam produto dos princípios sadios a observar na formação dos jovens e conseqüentemente de grande responsabilidade dos adultos.
Copiei.

0 comentários:

Comigo agora

  ©Template Fragmentos (Textos, Poesias, etc) by Silmara Layouts