sexta-feira, 30 de março de 2012

Aromatizador de ambientes

Nada melhor que entrar em casa e sentir aquela agradável sensação proporcionada pelo cheiro da sua essência predileta. Além de bem-estar, essa atmosfera influencia diretamente na saúde física. A “ciência dos cheiros” tem até nome, é a aromaterapia. O bom nessa história é que você mesma pode fazer o seu aromatizador.
A equipe do site Bicha Fêmea dá um passo a passo bem simples. Confira!
Você vai precisar de:
1 garrafa de vidro (reaproveite a embalagem)
Água mineral
Álcool de cereais (encontrado em empórios naturais)
20ml de essência da sua preferência (também encontrado em empórios)
Palitos de churrasco (corte as pontinhas)
Mãos à obra:
Lave bem o vidro. Certifique-se de que não resta nenhum resíduo no recipiente. Misture os ingredientes nas seguintes proporções: 100ml de água mineral + 100ml de álcool + 1 essência de 10ml (ao seu gosto) + 8 palitinhos de churrasco.
E pronto! Na hora de enfeitar, use e abuse da sua criatividade.
Fonte: bicha fêmea.

Leia Mais

quinta-feira, 22 de março de 2012

Fora o lixo!

Certo dia, peguei um taxi para o aeroporto. Estávamos rodando na faixa correta, quando um carro saiu repentinamente do estacionamento direto na nossa frente.
O taxista pisou no freio bruscamente, deslizou e escapou da colisão. Foi por um triz! O motorista do outro carro sacudiu a cabeça e começou a gritar nervosamente para nós.
O taxista apenas sorriu e, de maneira bastante amigável, acenou para o cara, fazendo um sinal de positivo. Indignado, lhe perguntei: “Por que é que você fez isto? Este individuo quase arruína o seu carro e nos manda para o hospital!”
Ele explicou que muitas pessoas são como caminhões de lixo. Andam por aí carregadas de lixo na alma, cheia de frustrações, raiva, traumas e desapontamentos. À medida que suas pilhas de lixo crescem, elas precisam de um lugar para descarregar e, às vezes, descarregam sobre os outros. Portanto, nunca tome isso como pessoal, isso não é problema seu, é deles. Apenas sorria, acene, deseje-lhes o bem e vá em frente.
A vida é 10% do que você faz dela e 90% da maneira como você a recebe.
Tenha um bom dia... E lembre-se: Não pegue lixo de outras pessoas!
Copiei.

Leia Mais

sábado, 17 de março de 2012

A gratidão


A gratidão é uma virtude confortadora. É o reconhecimento sincero por um beneficio recebido. Uma amizade que é paga com outra ainda maior. É o troco das almas. Toda pessoa que se preza de ser educada ou civil, no convívio com seus semelhantes, reflexo do amor. Só não sabem agradecer os rudes e os sem alma.
Nada faz mais sofrer o espírito delicado do que a ingratidão. Não troca espinhos a quem oferece flores, é uma das coisas mais tristes e mais pungentes da vida. Quem não sabe ser grato, não pode ser humano, não merece viver entre as criaturas dotadas de raciocínio.
A gratidão é a companheira da harmonia. Com ela se unem mais os elos de uma amizade, crescem mais robustas as raízes de um amor.
A gratidão é um dos mais belos deveres humanos. É uma virtude confortadora. Devemos reconhecer os benefícios ou as graças recebidas e lembrarmos sempre que a ingratidão faz padecer as pessoas sensíveis.
DEIXE ESTAR:
Cada dia que passa, os corações descobrem que o bom da vida não é produzir espinhos para ferir seus irmãos, mas multiplicar flores que enfeitam, que perfumam e sugiram aos desencantados homens da terra que ainda há belezas grátis, modos gentis de levar a vida, filosofia que independe do dinheiro. Siga em frente, certo de andar certo, quando promete de manhã, fazer do seu dia um estendal de muitas flores ao longo das estradas desta vida.
Para distribuir rosas pelos caminhos, seus dedos hão de picar-se muito. Quem disse que lidar com flores não machuca?
Mas, ferindo ou não, paciência. O dever é nosso, quando descobrimos que os homens são nossos irmãos.
A: Padre Vasconcelos.                                                       

Leia Mais

segunda-feira, 12 de março de 2012

Gavetas organizadas



Uma mostra...
 4 passos e sua “gaveta da bagunça” ficará impecável!
Todo mundo, com algumas exceções, tem “a gaveta da bagunça” em casa, não é verdade? Eu tinha todas! Um dia, lendo o que uma blogueira amiga escreveu fui levada a ver que podia aprender a organizar essas gavetas, eliminando tudo o que era desnecessário.
Se cair na fraqueza de tornar uma gaveta bagunçada novamente, vou recorrer a essas dicas infalíveis: Vejam como é fácil!
1 – Esvaziar:
Abra a gaveta e, sem pestanejar, tire tudo que estiver dentro dela. Num primeiro momento a sensação é de choque quanto ao número de tranqueiras naquele espaço, e o medo de não conseguir, de fato, dar um fim naquele pequeno caos, vem à cabeça também. Fique firme! Você vai conseguir!
2 – Separar o que não serve:
Seja honesta!
Tudo o que está ali você precisa? Não? Separe…
Tudo na gaveta está em perfeito estado? Então, retire o que não serve mais…
Por que guardar cada objeto desses?
Faça um esforço e desapegue do que você não precisa. Se estiver quebrado ou você não usa, dê outros destinos: doe ou mande para o lixo reciclável!
3 – Categorizar:
Olhe para o que restou. Tudo realmente precisa estar na gaveta? Eu, por exemplo, achei na gaveta da cozinha coisas que tinham que estar no quarto ou no escritório (ou separadas, já que não eram usadas tão freqüentemente).
Aqui em casa nada tinha lugar certo, o máximo que se conservavam por mais tempo nos lugares eram os móveis pesados. Então fui à luta, e segui a risca as dicas de nossa amiga. Confesso que fiquei impressionada com os resultados.
4 – Agrupar objetos na gaveta:
O que deve ficar, de fato, na gaveta, não deve voltar para lá de qualquer forma. Coloque divisórias na gaveta que te permita agrupar os objetos por função, por exemplo. Isso ajuda bastante na visualização das coisas, localização e apresentação estética.
Na gaveta do escritório, por exemplo, reaproveitem. Nessa hora vale tudo: potinhos de vidro, formas de gelo, caixas organizadoras que caibam na gaveta, etc. e os objetos pequenos, como clips, não ficarão espalhados. O importante é agrupar o que realmente precisa estar ali e evitar a visão caótica de tudo amontoado, jogado de qualquer jeito. Na hora de achar algo, esse pequeno caos faz a gente perder tempo e paciência, não é verdade?
Viu? Os passos são básicos e não há nada de muito difícil em aplicar. Isso pode ser adaptado ao que mais você tiver em casa, ou no trabalho, e que você reconheça ser um local que virou um depósito bagunçado de inutilidades. Isso está te incomodando? Então, mãos á obra!!!
Bom, para mim ainda falta um pouco, mas o importante é começar, depois seguir a risca direitinho e conservar. Valeu...
Fonte: Copiei.

Leia Mais

quarta-feira, 7 de março de 2012

A força da imaginação


Feche os olhos. Não precisa fechá-los totalmente. Imagine a seguinte cena: um bando de pássaros voando. Quantos pássaros viu? Cinco, onze? Seja qual for a resposta – e dificilmente alguém sabe dizer o numero exato – algo fica claro nesta experiência.
Você pode imaginar um bando de pássaros, mas o numero de aves foge ao seu controle. A cena era clara, definida e, em algum lugar existe a resposta para esta pergunta. Quem definiu quantos pássaros iam aparecer na cena? Você não foi.
A: Paulo Coelho.

Leia Mais

Comigo agora

  ©Template Fragmentos (Textos, Poesias, etc) by Silmara Layouts