sábado, 4 de junho de 2011

Lembro de você...

Nas frias noites de inverno.
Na solidão do meu leito te chamo
Você não está aqui pra me aquecer, por quê?
Lembro de você...
Do seu jeito de fazer amor
Tão eloqüente que me tirava a razão.
Esta saudade me queima como o fogo do inferno,
Queima minha alma,
Queima meu coração.

Lembro de você...
Todos os dias da minha existência.
Você está na magia do universo,
No luar, no cintilar das estrelas,
Nas ondas do mar imenso.
Nas flores, você é a essência.
Afirmo com certeza,
Você é, no cantar dos pássaros, a beleza.

Lembro de você...
No desespero do meu sofrimento.
Você está na minha esperança.
Você está na minha lembrança.
E mesmo ausente você estará sempre presente
No meu constante pensamento...
E estarei sempre.
“A ESPERA DE VOCÊ”...
A: Dalva Nascimento.
Visitem o seu blog: fragmentosesaudades.blogspot.com

0 comentários:

Comigo agora

  ©Template Fragmentos (Textos, Poesias, etc) by Silmara Layouts