sábado, 11 de dezembro de 2010

Quantas vezes

Quantas vezes nós pensamos em desistir, deixar de lado o ideal e os sonhos;

Quantas vezes batemos em retirada, com o coração amargurado pela injustiça;
Quantas vezes sentimos o peso da responsabilidade, sem ter com quem dividir;
Quantas vezes sentimos solidão, mesmo cercado de pessoas;
Quantas vezes falamos, sem sermos notados;
Quantas vezes lutamos por uma causa perdida;
Quantas vezes voltamos para casa com sensação de derrota;
Quantas vezes aquela lágrima, teima em cair justamente na hora que precisamos parecer fortes.
Quantas vezes pedimos a Deus um pouco de força, um pouco de luz, e a resposta vem, seja como for, um sorriso, um olhar cúmplice, um cartãozinho, um bilhete, um gesto de amor.
E a gente insiste, insiste em prosseguir, em acreditar, em transformar, em dividir, em estar, em ser, e Deus insiste em abençoar, em nos mostrar o caminho, aquele mais difícil, mais complicado, mais bonito. E a gente insiste em seguir, por que tem uma missão…
SER FELIZ!!
Copiei.

1 comentários:

Dalva Nascimento 10 de janeiro de 2011 13:19  

Em resposta ao comentário que fizeste no meu blog, eu digo. É verdade amiga a traíção está presente na vida de muitos, agora que revolta revolta. Perdoamos mas não esquecemos, jamais...

Comigo agora

  ©Template Fragmentos (Textos, Poesias, etc) by Silmara Layouts