segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Silêncio que fala

Deita aqui, descansa tua cabeça em meu regaço.
Deixa meu coração falar ao teu.
Não precisamos de voz, apenas silencio.
Deixa que ele diga o que nunca nos atrevemos a dizer,
Apenas ouça. No silencio eu ouvirei a ti, e ouvirás a minha voz.
Um minuto, uma hora, não importa. O importante é que estamos aqui.
A meia luz. A sós...
O silencio fala por nós.
A batida do coração sabe o que diz...
Final feliz...
A: Ligia.

Comigo agora

  ©Template Fragmentos (Textos, Poesias, etc) by Silmara Layouts