quinta-feira, 15 de abril de 2010

Do Milho a Pipoca

Imagine a surpresa da primeira pessoa que tentou aquecer o milho seco e ele explodiu. E imagine a surpresa maior, ao ver que ficava bom e divertido de comer! Receitas inventadas assim com cara de acidente, são sempre muito boas.
O mistério do estouro das pipocas não poderia ser mais simples: água. Cada grão de milho tem um pouco do liquido em seu interior. Ao ser aquecido, a água vira vapor e empurra a casca do grão. É necessária uma temperatura de pelo menos 150ºC para ocorrer o estouro. O amido, que também fica no interior do milho, sofre alterações com a pressão e vira a parte branca que comemos. Para que não fiquem grãos sem estourar, é preciso que o milho tenha uma quantidade ideal de água (cerca de 14% de sua composição) e que o vapor não escape durante o aquecimento, para ter força suficiente e arrebentar a casca.
Copiei.

2 comentários:

Maysha 17 de abril de 2010 13:06  

Hum pipoca, que bom, adoro pipoca com sal, obrigada Ligia.

Bom fim de semana amiga, um beijo de luz

Maysha 17 de abril de 2010 13:11  

Ligia embora com atraso parabens pelas 5000 visitas minha amiga. Deve ter sido durante aquele periodo em que não consegui entrar em alguns blogs, é com atraso, mas é de coração que te felicito.
Vou levar o selo para o meu blog dos mimos posso?
Fica em paz
Beijo ternurento
Isa

Comigo agora

  ©Template Fragmentos (Textos, Poesias, etc) by Silmara Layouts