terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Segunda Feira

Segunda feira... Tarefas cumpridas, caminho cansada, vinda de mais um dia de trabalho. Cheguei a pensar que não conseguiria. Faltaram-me forças, mas não fui vencida.
As esperanças devem ser renovadas, não a cada dia, e sim, a cada minuto. Já me considero vitoriosa mesmo sem ter alcançado o podium, sei que ele será o resultado da minha luta, a mais persistente. Sei também que terei que continuar lutando se quiser fazer valer a minha vitória.
Agora estou bem próximo a casa. Meus olhos têm um brilho diferente, o coração fica leve. A bolsa, antes apertada sob o braço, deixa sentir a mão ansiosa a procura das chaves.
Cheguei – penso alto – E agradeço a Deus ter-me permitido terminar este dia de luta, e trazer-me de volta sã e salva, ao aconchego do meu pequeno, e grande lar.
Depois os cumprimentos, um afago para ti-ti (a minha cachorrinha querida), respirar fundo e soltar a voz: Amanhã, novo dia!
É assim que me sinto bem.
Uma guerreira como eu jamais fugirá de uma luta.
A: Ligia.

1 comentários:

*Lisa_B* 23 de dezembro de 2009 17:56  

Olá linda amiga,
fiquei sem internet e atrasei-me muito hoje já quase 2h manhã deste lindo dia 24 Dez.
Tenho estado a trabalhar e chego muito tarde a casa.
Agradeço o seu comentário e como me disse para não o publicar assim fiz...embora eu goste de conservar o que carinhosamente me escrevem.
Reparei que tem aqui textos lindos mas não conheço muito de si para poder avaliar sua tristeza ou ajudar em algo, espero no futuro mudar isso e desde já conte com mais um ombro para o que precisar e ao meu alcance.
Desejo um feliz natal e bom ano novo. Talvez possa cá voltar antes mas fica entregue :-)
Que a fraternidade entre os homens se expanda e chegue a quem dela necessitar. Muita paz e harmonia para si e seus.
Beijinhos nossos

Comigo agora

  ©Template Fragmentos (Textos, Poesias, etc) by Silmara Layouts