terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Perto

Quem me dera sentir-te
Assim perto,
Agora que estou só,
No meu deserto,
Só vejo e piso areia,
Não existem sombras,
Nem meu coração
Consigo ouvir.
Gostaria de ter-te
Neste instante,
Aqui...
A: Ligia.

0 comentários:

Comigo agora

  ©Template Fragmentos (Textos, Poesias, etc) by Silmara Layouts