terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Ao meu amigo I.

Obrigada por confiar em mim. Como você pediu estou dando minha opinião.
Quer mesmo saber o que seja “Ler e Escrever?” Se lhe sai do coração é apenas a maneira de registrar o que queres que permaneça. Digamos que a mente ordene que se “escreva” no papel a letra “A” e a letra “I”, dependendo do momento, seu coração vai lhe dizer como será o som da palavra na hora da “leitura”. Sim, porque esse “AI” tanto pode ser um gemido de prazer quanto um grito de dor.
No seu caso em especial eu diria; escrever e ler são atributos do coração e quando é o coração que quer desabafar não existe regra, disciplina e nem mente que o controle.
Não entendi direito à parte em que diz: uma pessoa “importante” fez comentários depreciativos sobre seus escritos. Qual seria a real “importância” dessa pessoa? Um Crítico Literário... Ou um “chato” qualquer?...
E porque “VdP”? Um peixe precisa ser comprado, e fique certo que, sardinha ou bacalhau, vai fazer a alegria de quem o compra. Assim como uma apostila que ajudou um estudante, ou uma revista pornô que foi parar nas mãos de algum leitor safadinho.
Ninguém precisa achar-se “menor” porque valorizou demais alguém que não mereceu. O verdadeiro amor só conhece quem realmente sentiu isso vindo de dentro. Quem ouviu um “eu te amo...”, apenas ouviu.
E amor para sempre é aquele que quando chega a hora de se recolher, vai para um cantinho do coração, e lá fica, deixando livre a mente para que possa cultuá-lo em versos, prosas, até mesmo num novo amor.
Voltando ao principio do texto; Terá sido uma magoa assim tão grande? Se for, é hora de gritar, botar para fora... Deixar o vento levar as palavras... (Ufa! Fica um alívio no peito).
No fundo, até dá para entender. Disse-me um anjo que nas nossas vidas tudo tem um propósito e temos que cultuar só o que nos dá prazer, nem que seja uma grande dor. O “parto” compreende uma “grande dor”, e mesmo assim as “mamães” têm os seus filhinhos.
Meu amigo, *se ficar preocupado com o tamanho da estrada, se ficar pensando no cansaço, como pensas vencer a caminhada se não der o primeiro passo*.
Lembre-se: Só tem uma vitória que é sua... Aquela em que você lutou por ela. As outras, são conseqüências...
Não repare o meu jeito de escrever, tenho muito que aprender ainda. Só que não poderia deixá-lo sem resposta, conte comigo sempre que precisar.
*Bela frase, essa. Li em algum lugar, marcou...

Beijo com carinho,
Ligia.

1 comentários:

Maysha 3 de dezembro de 2009 07:09  

Ola amiga Ligia
Estou a oferecer um selo para comemorar os meus 100 seguidores.
Se aceitares, fico feliz.
Beijo de luz
Isa

Comigo agora

  ©Template Fragmentos (Textos, Poesias, etc) by Silmara Layouts