quinta-feira, 5 de novembro de 2009

Pensamentos e Dúvidas

Se ficar pensando ou tentando descobrir o que gostaria de escrever, de certo não escreveria nada. Mais eu preciso escrever, eu sinto uma necessidade enorme de escrever. Neste momento estou engasgada, as palavras estão dentro de mim, gritando para saírem. Embora nem sempre acerte as palavras, tenho que atender esse grito.
São tantas histórias, vivências, embaralhando minha mente. Atenho-me no presente, pois passado é passado, só não ouso arriscar em querer prever o futuro, (não tenho nada de vidente).
Sei que vivo, raciocino, não tanto quanto gostaria, mas estamos aí!
Vou indo a passos lentos, tipo assim, três para frente e dois para traz. Contudo, consigo rir das minhas deficiências. Nos meus passinhos lentos, cuidadosos, vou caminhando absorvida por uma meditação interior.
O meu medo não é o futuro, e sim, o passado do qual não posso fugir. Em mim a esperança de não repetir os erros. Olhar para traz, apenas para ter a certeza que superei muitos obstáculos. Sinto em cada batimento do coração, o sopro da minha vida e, a cada passo avançado, é menor o espaço que me separa da vitória. Ainda que pequena, mas eu lutarei por ela.
A: Ligia.

0 comentários:

Comigo agora

  ©Template Fragmentos (Textos, Poesias, etc) by Silmara Layouts