terça-feira, 10 de março de 2009

Caminho A Seguir

Certa manhã, eu caminhava com um amigo pelo deserto do Mojave. De repente, vimos algo que brilhava intensamente. Mudamos os nossos caminho para ver de perto o que emitia tal brilho. Andamos quase uma hora e vimos que o brilho vinha de uma simples garrafa de cerveja. Na volta, eu só conseguia pensar quantas vezes deixamos de seguir os nossos caminhos atraídos pelo falso brilho do caminho ao lado. Ao mesmo tempo, eu pensava também que, se eu não me preocupasse e não fosse até lá, como saberia que era apenas um brilho falso, que não significava nada.
Autor: Paulo Coelho.

0 comentários:

Comigo agora

  ©Template Fragmentos (Textos, Poesias, etc) by Silmara Layouts